quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Passeata contra a violência será realizada em Garanhuns

Mobilização é em protesto aos últimos crimes registrados no município.

No próximo sábado (3), a partir das 9h, haverá uma passeata pelas principais avenidas e ruas de Garanhuns em protesto ao assassinato da menina Joana Beatriz de Lima Silva, de 13 anos, que estava desaparecida desde o último dia 23 de julho e foi encontrada morta no Loteamento Arco-íris, na Vila Lacerdópolis, no dia seguinte. O ato tem o apoio do Governo Municipal, por meio da Coordenadoria da Mulher e da Secretaria de Comunicação Social e terá como ponto de concentração a Praça Tavares Correia, no Relógio das Flores, bairro Heliópolis.

O movimento, intitulado “Garanhuns clama por justiça!”, reunirá, também, amigos e familiares de vítimas de outros casos recentes de violência. O objetivo é de sensibilização social. “Pedimos que familiares de outras vítimas, cujos crimes ainda não foram solucionados, ou que tenham sido, que se juntem a nós. Que mobilizem a rede, que falem com amigos para que possamos fazer um movimento grande, para que algo possa acontecer”, completa a organizadora geral, a advogada Claudomira Andrade.

3 comentários :

  1. À Respeito da violencia em Garanhuns e em outros municipios, Eu vejo constantemente a polia fazendo brites nas ruas e BRs, Pe etc, isso só para ingles e irritar o cidadão de bem, eles só se preocupam com os documentos do carro, moto e a carta de motorista. Porque esses cidadoes (PMs)não fazem o serviço corretamente, revistando também se existe arma de fogo dendro do mesmo e também os caronas. Isso talvez melhora-se um pouco a violencia. Esses nossos governantes de M só pensam e se preocupam em roubar.

    ResponderExcluir
  2. pergunto? por que tanto agente, é PM na cidade, é pra tomar coca -cola? ou paquerar de frente a faga? cadê a eficiência. se fosse um filho de um coronel, ou um delegado será que mudaria ?

    ResponderExcluir