sábado, 10 de agosto de 2013

Mãe de Jovem com deficiência pede ajuda!

A senhora Jeane Marque moradora do bairro da Boa Vista em Garanhuns entrou em contato com o Agreste Violento através de E-mail e solicitou nossa presença em sua residência, onde a mesma relatou suas necessidades e permitiu divulgar imagens de seu filho que necessita de ajuda. Leia o E-mail.

“Quero Continuar Vivendo”

Sou uma mãe de Família batalhadora, buscando todas as possibilidades de tratamento para o meu filho, Plínio Fellipe Marques dos Santos, 25 anos, portador de uma doença não especificada, que de acordo com o tratamento que vem sendo encaminhado nos diversos hospitais que percorro.
Vários diagnósticos já foram cogitados: Ataxia não especificada, Paralisia Cerebral, Tetraplegia, 
Paraplegia, Distrofia Muscular, Hidrocefalia, Gangliosidose, Síndrome de Wilson, Ataxia Cerebelar, Ataxia de Maxado-Joseph, NIEMANN-PICK TIPO C, Lipofuscinóide ceróide neuronal.
Plínio "antes"
Plínio, "hoje"
Esses diagnósticos foram meramente especulativos, uma vez que nenhuma equipe medica chegou a uma conclusão definitiva a respeito do mal que acomete meu filho desde maio de 2007, de uma forma bastante avassaladora, deixando-o inerte em cima de uma cama sob os meus cuidados.
Esses contastes acompanhamentos médicos já me fez correr atrás e conseguir tratamento em renomados hospitais do País.
Com a Graça de DEUS e a compreensão de pessoas de boa vontade: diversos especialistas em Recife, Rede Sarah de Fortaleza e de Brasília, Hospital das clínicas de São Paulo, AACD também de São Paulo e Curitiba.

Onde sei que existe possibilidade de tratamento para o meu filho não meço esforços para levá-lo.
Já Promovi rifas, fiz campanha em emissora de rádio Local, recorri a políticos e a diversas autoridades Civis e Religiosas.
Minha vida não é fácil, pois sou sozinha e criei meu filho com muito sacrifício, com meus modestos rendimentos de manicure, profissão que me da o pão de cada dia, mas isso não é nada diante da possibilidade de recuperar a saúde de Plínio. Diante de tudo isso, solicito as pessoas de bom coração, que quiserem me ajudar, com doações de fraldas geriátricas tamanho EG de qualquer marca para facilitar o meu dia a dia na assepsia.

Desde já Agradeço a todos que colaborarem!
Jeane Marques da Silva
Telefones de contatos:
(87) 9601-2585 (Tim)
(87) 3761-0245

Local para entrega:
Educandário Santa Luzia, 171, Rua Antônio Cesário Brasileiro, bairro Aluizio Pinto, próximo ao Expresso Cidadão – Garanhuns-PE.  (Fale com a Srª Lia ou Daniele).

Também pode realizar as doações na Rádio FM 87.9, programa combate com Pereira Filho.

Um comentário :

  1. o meu Deus o jovem tão lindo, que o senhor Deus abençõe esse jovem e também sua mãe.

    ResponderExcluir