segunda-feira, 15 de julho de 2013

Sindicato dos Policiais Federais de Pernambuco participa do lançamento da Frente Parlamentar de Apoio à Reestruturação da PF

Uma comitiva com integrantes do Sindicato dos Policiais Federais de Pernambuco – SINPEF/PE - seguirá para Brasília para se reunir, na próxima terça-feira (16), com policiais federais de todos os estados do país, na Marcha pela Reforma da Polícia Federal e no lançamento da Frente Parlamentar de Apoio à Reestruturação da Polícia Federal na Câmara dos Deputados.

A concentração para realização da Marcha será em frente ao Edifício Sede do Departamento de Polícia Federal (DPF) a partir das 9h, e seguirá até o Congresso Nacional, onde acontecerá o lançamento da Frente Parlamentar no Salão Freitas Nobre, Anexo IV, às 14h.

A Frente Parlamentar, presidida pelo Deputado Federal Otoniel Lima (PR/SP), conta com a adesão de 282 dos parlamentares da Câmara Federal, no apoio à reestruturação administrativa e financeira da Polícia Federal, visando melhores condições de trabalho que resultem em qualidade dos serviços oferecidos à população.

A Frente Parlamentar foi criada em 28 de maio pelo deputado Otoniel Lima, que em seu discurso na sessão plenária de 04 de julho, expressou a sua preocupação com o descaso do Governo Federal em relação à grande maioria dos policiais federais e defendeu o reconhecimento de atividades complexas que são exercidas por Escrivães, Papiloscopistas e Agentes, integrantes das categorias típicas de Estado: “Acho que a PF precisa ser reestruturada. Os servidores bem remunerados terão uma atuação melhor. A Polícia está desvalorizada pelo Governo”, disse o deputado federal.

Na avaliação do presidente do Sindicato dos Policiais Federais em Pernambuco, Marcelo Pires, “temos esperança de que o Poder Legislativo, por meio da Frente Parlamentar, possa corrigir o descaso com que o Governo Federal vem tratando a instituição Polícia Federal. Estamos enfrentando a maior crise de nossa história, que inclui corte de verbas para os serviços básicos e desrespeito e desvalorização dos policiais federais. Somente para exemplificar, não temos sequer as atribuições dos cargos definidas em lei, contrariando o que dispõe a Constituição Federal. A Polícia Federal é um órgão de estado, é perene, e não pode ser subjugada por um governo, que é transitório”, arremata.

A Polícia Federal atua no combate à corrupção e ao crime organizado no Brasil, tendo realizado diversas operações policiais nos últimos anos, como o Mensalão, Satiagraha, Anaconda, entre outras que apontaram o envolvimento de políticos, magistrados e empresários no desvio de milhões dos cofres públicos. Assim, é a instituição de maior credibilidade da sociedade brasileira, segundo pesquisas realizadas nos últimos anos.

3 comentários :

  1. a policia federal quer ganhar ainda mas manda eles olhar quando ganha um assalariado e compara com o soldo deles...

    ResponderExcluir
  2. Se a Polícia Federal está nessa situação, imaginem a coitada da PMPE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito boa essa colocaçao,policia militar escravo da segurança de pe.mesmo assim a turma rala pra valer

      Excluir