sexta-feira, 5 de julho de 2013

IATI inicia vacinação contra a febre aftosa

A Prefeitura de Iati já recebeu as doses da vacina contra a Febre Aftosa e iniciou a campanha de vacinação do rebanho local na última segunda-feira, dia 1º de julho.

Até o próximo dia 31 deste mês, a secretaria Municipal de Agricultura estará com uma equipe à disposição dos criadores de Gado do Município realizando a vacinação gratuitamente. De acordo com o secretário José Barros, é necessário que os criadores procurem a equipe da Prefeitura para agendar o processo. “Recebemos nesta primeira etapa 4 mil doses as vacina e estamos com a nossa equipe indo às propriedades para vacinar o gado”, registrou o secretário iatiense.

Por conta da seca vivenciada ao longo deste ano, toda a vacina da campanha é doada pelo Governo do Estado, através da ADAGRO. A vacinação é obrigatória para o reconhecimento do estado como zona livre da febre aftosa ainda este ano. O último caso registrado da doença em Pernambuco foi em 1997. “É importante dizer que os animais não vacinados serão proibidos de entrar nas feiras de gado de todo o Estado”, alerta o secretário José Barros.

DISTRIBUIÇÃO DE SEMENTES - E Cerca de 29 toneladas de sementes estão à disposição dos agricultores do município de Iati. É que atendendo a uma solicitação do Prefeito Jorge Elias, o popular Padre Jorge, o Governo do Estado disponibilizou 20 toneladas de sementes de milho; 9 toneladas de sementes de feijão e 700 kg de sementes de sorgo para distribuição aos agricultores devidamente cadastrados junto às diversas associações rurais do Município.   

“As sementes chegaram e estamos solicitando a visita dos líderes rurais na secretaria de Agricultura ou na sede do IPA para que possamos realizar a distribuição. Atualmente possuímos cerca de 40 associações e a quantidade de sementes distribuídas será de acordo com o número de agricultores cadastrados em cada organização”, registra o secretário de Agricultura de Iati, José Barros. Vale salientar que a Prefeitura de Iati também vem beneficiando os agricultores de base familiar, através do trabalho de aração das terras.

Nenhum comentário :

Postar um comentário