sábado, 20 de julho de 2013

ÁGUAS DA ADUTORA DO AGRESTE E DA BACIA DO JATOBÁ VÃO BENEFICIAR IATI E ÁGUAS BELAS. PADRE JORGE E GENIVALDO VISITAM OBRAS

Padre Jorge com o Governador Eduardo Campos
Os prefeitos de Iati, Padre Jorge (PTB) e de Águas Belas, Genivaldo Menezes (PT), estiveram visitando nesta sexta-feira, 19, trecho das obras da Adutora do Agreste, localizadas nas imediações do Município de Itaíba. A Ação, realizada numa parceria entre os governos Federal e Estadual, atenderá diversos municípios do Agreste, levando água em abundância para Iati e Águas Belas, dentre outros, resolvendo definitivamente os problemas com abastecimento d´água. As obras da Adutora do Agreste tiveram inicio no último mês de junho. Trata-se do maior sistema integrado de abastecimento de água da América Latina.
O primeiro Lote dos serviços corresponde a um investimento de R$ 361 milhões e envolve a implantação de 118 km de tubulações saindo da cidade de Arcoverde, no Sertão, e passando por Pesqueira, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó, São Caetano e Caruaru, no Agreste.

O segundo Consórcio é Pernambucano, formado pelas empresas, EMCOSA, SCAVE e SIENA, que vão executar o Lote 3, que atenderá as cidades de Buíque, Tupanatinga, Itaíba, Águas Belas e Iati, no valor de R$ 69 milhões. Além disso, mais de R$ 250 milhões em tubos já foram contratados.
A adutora terá 1.300 km e atenderá 68 municípios do Agreste, além de distritos e localidades no entorno do novo Sistema, beneficiando mais de 2 milhões de habitantes.

“Será a redenção da região do Agreste, onde há uma grande concentração demográfica e poucas fontes de abastecimento de água, sendo considerado o pior balanço hídrico do Nordeste. Vamos buscar a água do rio São Francisco, em Arcoverde, até as águas dos poços profundos da Bacia do Jatobá e das barragens, tudo interligado para tirarmos, de uma vez por todas, da vida da população do Agreste o terror da falta d´água, que impera o desenvolvimento humano e econômico desta Região”, registrou o Governador Eduardo Campos, durante visita a Paranatama, na tarde desta sexta-feira, dia 19, quando destacou os benefícios especialmente para os municípios de Iati e Águas Belas.
Prefeito de Águas Belas, Genivaldo Menezes
De acordo com o Prefeito de Águas Belas, Genivaldo Menezes, a água chegará ao seu Município e em Iati num prazo de dezoito meses. É que uma mobilização emergencial vem sendo executada, através do PAC Seca, do Governo Federal. “Essa obra vem sendo executada pela Compesa, com recursos do PAC Seca. A água vem da Bacia do Jatobá, de forma emergencial, e vai beneficiar Itaíba, Águas Belas e Iati num prazo de 18 meses. A obra já vai ser feita a parte de tubulação de acordo com a Adutora do Agreste. Quando as águas da Adutora chegarem, eles vão desmobilizar os poços profundos que estão sendo cavados e já vão colocar na rede que vem do Rio São Francisco”, explica Genivaldo Menezes, em tom de comemoração.
Prefeito de Iati Padre Jorge
 Já o Padre Jorge, prefeito de Iati, se mostra satisfeito com a boa nova, que segundo ele vai resolver definitivamente a falta d´água no seu Município. “Essa é uma grande notícia. Estivemos observando as escavações e a implantação dos tubos, que inclusive são imensos. Com as graças de Deus, em breve, teremos água em abundância em Iati”, registra o Padre Jorge, que ainda vai utilizar os cerca de R$ 830 mil destinados a Iati pelo Fundo de Apoio aos Municípios (FEM), do Governo do Estado, em obras de captação e abastecimento d´água em Iati. As obras estão em fase de licitação.

Com a chegada das águas da Adutora do Agreste em Iati, a expectativa é que a gestão hídrica e o abastecimento d´água no Município sejam assumidos pelo Governo do Estado. “Estivemos com o presidente da Compesa no inicio do ano e ele nos informava que apenas Iati, e um outro município no Sertão, tinham a gestão da água municipalizada. Não podemos ser diferentes e sofrer com a falta d´água, já que os recursos do Município são pequenos para investir nesse setor, então vamos lutar para que, com a chegada das águas da Adutora a gestão hídrica de Iati venha ser assumida pela Compesa”, finalizou o Prefeito de Iati, o Padre Jorge.

Nenhum comentário :

Postar um comentário