terça-feira, 25 de junho de 2013

Polícia Militar Prende Elemento e Apreende Menor em Canhotinho, Eles São Imãos

GEOVANE DA SILVA ALVES, 18 anos e seu irmão A.A.S. de 17 anos, ambos moradores da Rua 02 de Fevereiro no bairro Elisa Holanda, foram presos em flagrante realizando assaltos a mão armada.

Cada um deles estava com uma espingarda artesanal, uma de calibre 36 e outra Soca-soca. A polícia foi acionada as 03h30 da manhã desta segunda-feira 24, e informada que nas imediações da rodoviária estava ocorrendo assaltos e que eram dois meliantes e que estavam armados e já haviam assaltado dois transeuntes e roubado de cada, um celular tipo lanterninha e um celular tipo X2. Foi feita varias diligencias em busca dos meliantes e quando a viatura fez Parada para Observação, foi avistado um homem aramado, dentro do fórum da cidade de Canhotinho, que ao ver a viatura se escondeu por trás do muro, que não adiantou, pois em acompanhamento a pé o policiamento conseguiu captura-lo e de imediato identificado como GEOVANE que já era conhecido por cometer outros delitos e ficar sempre impune. 

 Foi pego com ele uma espingarda Soca-soca e após uma revista foi encontrado em seu bolso um celular lanterninha, perguntado a ele quem era o outro, o mesmo informou que o segundo homem era seu irmão. A PM foi à casa do meliante onde encontrou o 2° homem, que se tratava de um menor. Após um intenso interrogatório na frente de seus pais, o menor decidiu mostrar onde escondeu à espingarda, que foi encontrada dentro do cemitério da cidade, era uma espingarda artesanal calibre 36 e o celular que ele roubou, o menor informou onde possivelmente teria caído durante sua fuga, porém não foi encontrado.


Eles são descendentes de uma quadrilha que estava se formando à uns dois anos atrás no bairro Elisa Holanda chamada de Gangue do Mestre onde os cabeças eram 03 menores de idade e que foram assassinados por disputa de território com o trafico, sendo assim, os que viveram, passaram a formar uma outra gangue intitulada Gangue do Boné, onde para se identificarem, usam boné de forma simbólica sem encaixa-lo totalmente na cabeça. Lembrando aqueles chapéus de maquinista de Trem. As vitimas e os dois imputados foram encaminhados para 18º DESEC em Garanhuns, onde GEOVANE foi atuado em flagrante e nesse momento encontrasse detido na Cadeia Publica de Lajedo e o menor foi apresentado ao Promotor de Justiça para que tome as medidas cabíveis.

Nenhum comentário :

Postar um comentário