segunda-feira, 27 de maio de 2013

Oficina Comunicação Assessoria de Imprensa - Bonanza

A Equipe da Força Tarefa de Homicídios, com o apoio da equipe Malhas da Lei de Caruaru, conseguiram elucidar mais um homicídio ocorrido na cidade. O crime aconteceu na madrugada do domingo (26), durante um evento que ocorria na Rua 15 de Novembro (Marco Zero), no Centro de Caruaru, tendo como vítima Elykleberson Simões Silva, de 18 anos de idade.

Após investigações, a polícia civil conseguiu chegar aos autores do fato. Foram apreendidos dois adolescentes e um indivíduo de nome Jackson Carlos da Silva Costa, conhecido por “Quinho”, de 19 anos de idade. Segundo informações, a vítima e um dos adolescentes já teriam tido um desentendimento anterior, momento em que a vítima teria ameaçado de morte o adolescente. Chegando no evento, o adolescente informou ao seu primo, também menor de idade, quem estaria ameaçando-o. Nesse momento, o adolescente de posse de uma arma de fogo, revólver cal. 38, desferiu dois tiros contra a vítima, que foi socorrida ao Hospital Regional de Caruaru, mas não sobreviveu.

Depois do crime, o adolescente responsável pelos disparos, escondeu sua arma de fogo na residência de Jackson Carlos da Silva Costa. Jackson foi autuado em flagrante delito pelo crime de porte ilegal de arma, enquanto os adolescente foram autuados em flagrante de ato infracional por homicídio doloso qualificado.

Para o crime cometido por Jackson, foi arbitrada fiança no valor de vinte salários mínimos, porém não houve o pagamento, sendo Jackson recolhido ao Presídio Juiz Plácido de Souza, enquanto os adolescentes foram encaminhados a FUNASE – Caruaru.

Nenhum comentário :

Postar um comentário