terça-feira, 23 de abril de 2013

Cabo da Policia Militar foi assassinado em Catende-PE, apos reclamar de som alto

Um policial militar foi morto, na noite do domingo (21), em Catende, na Mata Sul do Estado, após uma briga por causa do volume do som. O crime ocorreu na comunidade da Engorda, na periferia da cidade, onde o PM de 44 anos morava. Duas mulheres suspeitas do assassinato já foram presas.

Segundo testemunhas, ele teria ido até a casa de vizinhos, às margens da PE-126, para reclamar do barulho. Após discutir com cinco pessoas de uma mesma família, o policial foi atingido com golpes de panela de pressão. Ao cair no chão, acabou sendo esfaqueado e baleado. O tiro que atingiu o PM partiu da sua própria arma.

"Testemunhas informaram que pegaram a arma dele e efetuaram o disparo", contou o agente da Polícia Civil, Marcos Antônio Brito. O caso foi registrado no plantão da Delegacia de Palmares, na mesma região, no entanto deve ser investigado pela Delegacia de Catende.

Ainda de acordo com o agente, duas pessoas já foram presas suspeitas de assassinar o policial militar. "Uma mulher e a filha dela estão detidas. Neste momento, estamos fazendo diligências para tentar capturar três filhos dessa mulher. Todos são suspeitos de terem participado do crime", ressaltou Brito.

A vítima era lotada no 10º Batalhão de Polícia Militar, em Palmares. Quem tiver informações sobre o paradeiro dos suspeitos pode repassar a polícia pelo site ou telefones do Disque-Denúncia (81) 3421-9595 ou (81) 3719-4545.

Fonte G1-PE

Nenhum comentário :

Postar um comentário