terça-feira, 7 de agosto de 2012

Polícia Federal apreende 33Kg de Haxixe

Policiais Federais lotados na Delegacia de Repressão a Entorpecentes prenderam, por volta das 2h da madrugada de hoje, terça-feira, dia 07/08/2012, um mecânico de automóveis, 23 anos, solteiro, natural de Palmeirópolis/TO e residente em Goiania/GO.

A prisão ocorreu em virtude de informações repassadas pela Delegacia da Polícia Federal em Salgueiro para Policiais Federais de Recife/PE, dando conta de que um veículo gol de cor prata, com dois indivíduos suspeitos haviam saído daquele município com destino à Recife/PE, possivelmente transportando certa quantidade de material entorpecente. De posse dessas informações foi montada barreira policial na BR 232 nas proximidades da cidade de Moreno/PE com o intuito de localizar e abordar o automóvel suspeito. Ato contínuo os agentes lograram êxito em visualizar a passagem do citado carro em alta velocidade, o qual passou a ser acompanhado pelas equipes que estavam em diligências.

Ao chegar em Recife/PE nas proximidades da Avenida Abdias de Carvalho, os policiais percebendo a diminuição da velocidade do veículo alvo das investigações, procederam uma abordagem fechando a sua passagem. Os ocupantes não esboçaram nenhum tipo de reação contrária à ação dos policiais e ao ser feita uma vistoria minuciosa no interior do carro foi encontrado 33 (trinta e três) tabletes de haxixe, ocultos na lateral do forro traseiro da viatura, sendo que dois desses tabletes estavam sob o estepe na mala do carro, totalizando um peso bruto de 33,840Kg (trinta e três quilos e oitocentos e quarenta) quilos.

Terminado os trabalhos investigativos e sendo descoberta a droga os dois suspeitos foram levados para a Superintendência da Polícia Federal em Recife/PE, para que fossem adotados os procedimentos de polícia judiciária, tendo sido autuado apenas o mecânico que estava dirigindo o veículo por tráfico interestadual de entorpecentes (artigo 33 c/c inciso “v” do Artigo 40 da Lei 11.343/03) o qual afirmou ser o único proprietário da droga, negando inclusive, qualquer tipo de participação ou envolvimento do carona com o tráfico de drogas, e, caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão.

Em seu interrogatório o preso admitiu que a droga lhe foi repassada na cidade de Goiania/GO através de uma pessoa que lhe fez uma proposta de transportá-la para a cidade de Recife/PE. E, pelo transporte receberia a quantia de R$ 5.000,00 (cinco mil) reais quando a entregasse na capital pernambucana para alguém que faria contato via telefone celular. Além da droga também foram apreendidos 03 aparelhos celulares e um veículo gol.
Após as praxes processuais o autuado foi submetido a exame de corpo de delito no IML – Instituto de Medicina Legal e em seguida recambiado para o COTEL- Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde ficará a disposição da justiça.

Já o segundo suspeito, que é produtor de eventos em Goiania/GO foi ouvido em termo de declarações e informou que conhecia o interrogado há 6 meses pelo fato dele namorar com uma prima sua e aceitou a viagem para Recife/PE para servir de companhia e em virtude das suas despesas de hospedagem e alimentação terem sido todas custeadas pelo mecânico. Ao final foi advertido pela Autoridade Policial acerca da obrigatoriedade de comunicação de eventuais mudanças de endereço, sendo liberado logo em seguida.

Nenhum comentário :

Postar um comentário