quarta-feira, 3 de julho de 2013

Presos em São Paulo os acusados de terem matado Cabo da Polícia Militar de Pernambuco

Presos em São Paulo
No dia 21 de abril do ano em curso (noite do domingo), uma discussão por som alto motivou o assassinato brutal do Cabo da Polícia Militar de Pernambuco José Carlos Vicente de Lima, de 46 anos de idade - Cb PM Carlos - na favela do Engorda, às margens da PE-126, município de Catende, Mata Sul do Estado, tendo sido surpreendido por três elementos, que lhe atingiu com um tiro de arma de fogo na região do pescoço, além de diversos cortes de arma branca na cabeça e no braço direito.
        
No dia 23/04/13, foram divulgadas as fotos dos três algozes (segue abaixo), acusados de matar o referido policial militar, sendo eles identificados como Reginaldo Gomes da Silva, 27 anos, Edvaldo Manoel da Silva e Severino José da Silva de idades não informadas.

Arma do PM
Na manhã do dia 13 de maio de 2013, policiais do destacamento do município de Jaqueira, tomaram conhecimento que a arma do PM assassinado foi encontrada por um trabalhador rural, no quintal de sua residência, no Sítio Mundo Novo, local este de difícil acesso. O referido proprietário informou ainda que havia visto um de seus filhos com a referida arma na mesma data do assassinato do PM. A arma tratava-se de um revólver Cal. 38, nº J256619, sendo entregue na Delegacia de Polícia da cidade de Catende, onde ocorreu o crime. 

Na madrugada de hoje (01/07/2013), foi deflagrada uma operação com o intuito de capturar os assassinos do Cabo PMPE Carlos, comandada pelo Cap PM Amaral e o 1º Ten PM Niyazaq, pertencentes à Divisão de Homicídio de Vítima PM, da Corregedoria da Polícia Militar do Estado de São Paulo, que deu início no município de Batatais-SP, findando com as prisões dos assassinos por volta das 22h na cidade de Patrocínio Paulista, no mesmo estado.
Vale ressaltar, que tais prisões só foram possíveis de serem realizadas com sucesso devido à integração e iniciativa tomada pelos policiais militares, componentes do Núcleo de Inteligência do Agreste e Zona da Mata – NIAZM-5/10º BPM - Batalhão Joaquim Nabuco/Palmares-PE, os quais subsidiaram os policiais da força co-irmã com informações do paradeiro dos assassinos do Cabo PM Carlos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário