domingo, 21 de julho de 2013

Polícia Federal cumpre Mandado de Prisão Preventiva em desfavor da última remanescente da Operação Bisturi

 Polícia Federal em Pernambuco, através da DELEMIG - Delegacia de Imigração em conjunto com a  Coordenadoria Integrada de Inteligência (COIN) da Secretaria da segurança Pública do Ceará (SSPDS) efetuou a prisão no dia 20.07.2013 por força de Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo Juízo de Direito da 2ª Vara de Delitos sobre Tráfico de Drogas e Substâncias Entorpecentes me Água Fria-Fortaleza/CE e por uso e falsificação de documento falso de RAPHAEL HENRIQUE SILVA DE OLIVEIRA, vulgo “Rafhael Arcanjo”, brasileira, Solteiro, 29 anos, natural de e residente em Fortaleza/CE.

A prisão aconteceu em virtude de informações repassadas pela Coordenadoria Integrada de Inteligência (COIN) da Secretaria da segurança Pública do Ceará (SSPDS) dando conta de que RAPHAEL estaria num voo que faria escala em Recife/PE com destino ao Rio de Janeiro/RJ.

De posse dessas informações e através de procedimentos de rotina e checagem de documentação e confronto nos principais sistemas de bancos de dados criminais nacionais e internacionais de embarque de passageiros em voo doméstico com destino ao Rio de Janeiro/RJ no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre foi verificado a documentação de uma pessoa que estava com uma carteira de identidade em nome DIEGO FELIPE COSTA, sendo detectado que apresentava inconsistências com relação aos dados inseridos e possibilidades de falsificação documental.

 E ao ser feita uma entrevista prévia prévia com os policiais federais bem como uma averiguação minuciosa constatou-se que o passageiro estava portando documentos falsos (carteira de motorista e identidade) e ao ser checado o seu nome verdadeiro descobriu-se que ele tinha contra si um mandado de prisão preventiva em aberto expedido pela Justiça do Ceará, em virtude de encontrar-se foragido pela prática do crime de tráfico do drogas confirmando as informações repassadas pela Secretaria de Segurança Pública do Ceará.
Terminado os trabalhos investigativos, e tendo sido descoberta a fraude, o conduzido recebeu voz de prisão em flagrante, tomou ciência do Mandado de Prisão Preventiva e foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais para em seguida ser levado para a Superintendência da Polícia Federal/PE situada  no cais do Apolo tendo sido autuado pela prática dos crimes contidos nos artigos 304 combinado com o artigo 297, ambos do Código Penal Brasileiro (uso e falsificação de documento - pena 2 a 12 anos de reclusão). Após a autuação o preso se submeteu a exame de corpo de delito no IML-Instituo de Medicina Legal e em seguida foi recambiado para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde ficará à disposição da Justiça de Recife/PE e de Fortaleza/CE.

Em seu interrogatório o preso informou que que tinha conhecimento de uma investigação por tráfico de drogas em seu desfavor, porém nunca foi intimado para comparecer no DENARC/CE e que numa das vezes ligou para o delegado e foi informado que não precisava comparecer mais porque já havia sido representado pela sua prisão preventiva e temendo ser preso foi até uma localidade em Fortaleza/CE e adquiriu uma carteira de identidade falsa por R$ 500 e uma de motorista por R$ 800; Informou ainda que saiu de fortaleza com destino ao Rio de Janeiro/RJ para uma feira de rottweilers (RotRio) por é criador de cães dessa raça.
RAFHAEL segundo a Polícia do estado do Ceará seria responsável pela compra de entorpecentes no exterior para distribuição em todo o território nacional e já responde por diversos crimes tais como: homicídio, furto, roubo, receptação, falsificação de documento, infração de trânsito, tráfico e posse de drogas, além de porte ilegal de arma de fogo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário