sexta-feira, 14 de junho de 2013

"Pastor matador" é preso pela PM de Alagoas

Está preso na Delegacia Regional de Penedo, região Sul de Alagoas, o pernambucano Joel Antônio do Nascimento, 27, acusado de ter praticado cerca de 15 assassinatos.
“Irmão Joel, o terror do Coque", que segundo a polícia também tem envolvimento com assaltos a mão armada, foi condenado pela Justiça de Pernambuco, mas havia conseguido fugir.

A prisão do acusado aconteceu na cidade de Coruripe, também na região Sul do Estado, após uma série de denúncias de comerciantes para a polícia que achavam estranho o comportamento de Joel que freqüentemente ia as lojas de roupas na cidade e após provar algumas deles, pagava e saia vestido.

A desconfiança dos comerciantes levou a polícia até o hotel onde o homem estava hospedado sendo descoberto que Joel se hospedada em vários hotéis e pousadas da cidade usando nomes diferentes.

No quarto onde ele estava à polícia apreendeu dois revólveres e cerca de R$ 300, valor que a polícia afirma ser parte do dinheiro tomado em um assalto a uma casa lotérica no bairro da Santa Lúcia, em Maceió.

“Irmão Joel, o terror do Coque", que se diz pastor, ganhou o apelido após cobrar de comerciantes em bairros da periferia de Recife, dinheiro para garantir proteção. Ele, conforme consta nos inquéritos que apuram seu envolvimento nos assassinatos, chegava aos estabelecimentos portando uma espingarda calibre 12 e uma bíblia.

Do emergência 190.

4 comentários :

  1. Mas um canalha que vai para trás das grades em nome do Senhor.

    ResponderExcluir
  2. Com certeza este canalha não é Pastor de verdade, pois este comportamento não é de uma pessoa de Deus, pois quem é de Deus tem uma vida honesta, decente e transparente e as próprias pessoas que o conhecem lhe elogia por ser uma pessoa de bem. Este pilantra é pastor do capeta, isso sim...

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente carlos alberto parabéns pelo comentario.

    ResponderExcluir
  4. que não so a justiça dos homens peze sobre pois ele não sabe o mal que atraiu para si usando o nome do senhor em vão que muitos como esse infeliz caiam em desgraça

    ResponderExcluir