terça-feira, 14 de maio de 2013

Suspeitos de tráfico de entorpecentes são detidos em Vitória de Santo Antão

Investigações da Equipe de Homicídios da Polícia Civil de Caruaru conseguiram prender na manhã desta segunda-feira (13), um homem e apreender um menor infrator suspeitos de assassinar e ocultar o corpo do sulanqueiro Lavaneres Lemos Guimarães, de 51 anos.  A vítima foi encontrada morta horas antes da prisão de Alon Marques Salvador, o “Leão”, de 19 anos, que confessou a prática do homicídio. Ele contou em depoimento à polícia que o seu irmão, um adolescente de 15 anos, também participou da execução do crime.

De acordo com o delegado Thiago Uchôa uma denúncia anônima indicou o endereço onde o corpo estaria escondido. A vítima estava parcialmente enterrada no quintal de uma casa em construção, no Loteamento Ramiro de Souza, em Caruaru. Após rápida investigação foi possível identificar e prender os autores do homicídio. Informações apontaram que na noite da sexta-feira (10), o sulanqueiro havia discutido com Alon, que trabalhava como vigia da construção onde a vítima foi morta e enterrada. O motivo, segundo os suspeitos, teria sido porque a vítima queria beber com eles.
Alon Marques já havia sido apreendido, ainda quando menor, pela prática de dois outros homicídios. O acusado foi autuado em flagrante pela ocultação de cadáver, uma vez que o crime de homicídio, que ocorreu na última sexta-feira, não poderia ser confeccionado. Entretanto, o inquérito policial será concluído e remetido à justiça com a autoria do homicídio. Alon foi encaminhado ao presídio Juiz Plácido de Souza, em Caruaru e o seu irmão apresentado à Promotoria. O delegado Thiago Uchôa representou pela internação do menor infrator.

Nenhum comentário :

Postar um comentário