quarta-feira, 13 de março de 2013

Garanhuns sedia reunião para tratar da estiagem

Encontro aconteceu hoje e reuniu diversas autoridades da região

Na manhã desta quarta-feira (13) foi realizada a primeira reunião do Comitê Estratégico da Pecuária Leiteira (Cepleite). O evento tratou da longa estiagem e seus efeitos na Bacia Leiteira do estado de Pernambuco. Representantes dos órgãos responsáveis participaram do encontro, que aconteceu no auditório da Comissão de Desenvolvimento do Agreste Meridional (Codeam).

A gerente geral da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro), Erivânia Camelo, falou das visitas que estão sendo feitas desde a semana passada para intensificar as ações para minimizar a estiagem que castiga a região nordeste. “Estamos nos dedicando a tratar das questões da seca atendendo as carências dos produtores. Sabemos da realidade em que estamos passando. Mas estamos fazendo o possível para melhorar a situação”, afirmou.

A Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC) apresentou as previsões pluviométricas para os próximos três meses. De acordo com os estudos meteorológicos, em 2012, as chuvas foram 70% abaixo do previsto. Para este ano, a expectativa é de que chova de 30 a 40% menos que o esperado. “As chuvas, mesmo em menor proporção, devem começar no mês de abril”, informou o meteorologista Rone Guedes.

Foram apresentadas, ainda, as ações do Governo do Estado para diminuir a dificuldade do produtor rural. As ajudas com caminhões-pipa, caixas d’água, programas sociais, infraestrutura hídrica e auxílio aos rebanhos deverão ser intensificadas. Além disso, a questão do uso da cana de açúcar também esteve em pauta, já que a distribuição do produto está começando a ficar limitada.

Na ocasião, os participantes ainda tiveram espaço para fazer perguntas e esclarecer dúvidas existentes. As autoridades da Adagro e do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), com o suporte do Governo Federal e Estadual, também esperam superar as expectativas dos produtores rurais e atender às necessidades do campo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário