sexta-feira, 8 de março de 2013

Esposa de Repórter Policial é Assassinada em Caruaru

A vítima deixou um casal de filhos e um neto.
Os comissários Zé Carlos e Ronaldo Firmo foram os responsáveis pelo rápido esclarecimento do crime.
Erivaldo Silva, encontrou a esposa morta em cima da cama.
O repórter policial Erivaldo Silva da Rádio Comunidade FM de Santa Cruz do Capibaribe, saiu de casa na quarta-feira (06) pela manhã e devido ao trabalho, passou a noite fora de casa, na rua Nancy Afonso, no bairro Salgado em Caruaru, e só retornou a sua residência na tarde desta quinta-feira (07), quando se deparou com a sua esposa, Cristiane Cavalcante da Silva, de 43 anos, morta em cima da cama com uma faca cravada no pescoço. Ele informou que ao retornar pra casa, por volta das 15:30h, percebeu que a porta estava aberta e encostada e ao entrar no imóvel se deparou com a esposa morta. Questionado com quem a esposa teria passado a noite ele disse que ela dormiu com duas amigas.

Maycon, está foragido.
O delegado do caso Dr. Ícaro Schneider, informou que os policiais de sua equipe ao tomarem conhecimento das duas garotas, foram atrás delas e descobriram que as mesmas mentiram inventando a farsa para que a vítima passasse a noite com o seu amante, Maycon Laurentino da Silva, de 22 anos, que após um desentendimento matou a vítima com facadas na face e no pescoço. Em seguida para apagar possíveis provas, ateou fogo no colchão usando um perfume para ajudar na propagação do fogo, e possivelmente arrependido apagou as chamas com um balde dágua e ligou o gás do botijão e fugiu do local, passando em casa depois foi para a cidade de Venturosa, onde tem uma namorada.
Delegado Schneider, disse que a vítima foi morta pelo amante.
Mesmo acreditando em crime passional, o delegado Schneider, não descarta as hipóteses de latrocínio, pois dois aparelhos de DVD desapareceram da casa e estupro seguido de homicídio, já que a vítima estava despida.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Caruaru e segundo familiares, o sepultamento acontecerá na cidade de Garanhuns, mas o horário ainda não foi definido, pois depende da saída do corpo do IML.

Cristiane, era irmã do Major Paulo Cesar, do 15º BPM de Belo Jardim.

Nenhum comentário :

Postar um comentário