terça-feira, 31 de julho de 2012

Doente Mental foi assassinado em Santa C. do Capibaribe

Muito conhecido por andar correndo atrás dos carros de som em Santa Cruz do Capibaribe e em São Domingos, Roberto Batista da Silva, de 28 anos de idade, mais conhecido por “Beto Doido”, por ter problemas mentais, era querido por centenas de moradores que ficaram horrorizados com o crime brutal que vitimou o catador de papelão.

Acreditasse que o crime tenha acontecido na madrugada de hoje, terça feira, dia 31 de julho. Onde o corpo foi encontrado por volta das 05h00min na Rua Vereador Severino Ribeiro, no bairro Novo em Santa Cruz.
 A Polícia Militar foi acionada e esteve no local, aonde constatou a veracidade da informação e fez o isolamento da área ate a chegada da Polícia Civil que realizou o levantamento cadavérico.

Segundo informações repassadas pelo Agente da Polícia Civil Vasco, a vítima teria sido morta com requintes de crueldade, com pauladas e pedradas desferidas contra sua cabeça.
 Ainda de acordo com as informações, Beto residia na Travessa Racina da Silva em São Domingos distrito de Brejo da Madre de Deus.

Moradores da rua que foi palco para o crime, disseram que não ouviram nada. A Polícia encaminhou o corpo para o IML da cidade de Caruaru.

Nenhum comentário :

Postar um comentário