quarta-feira, 18 de julho de 2012

A greve dos policiais civis de Pernambuco começa a partir da zero hora do dia 23 de julho, segunda-feira próxima

Policiais civis de Pernambuco decretam estado de greve
Paralisação deve começar na madrugada de segunda-feira (23).
Não vai haver registro de B.O e investigações serão suspensas.

Do G1 PE

Os policiais civil de Pernambuco decretaram, em assembleia nesta terça-feira (17), estado de greve. A paralisação por tempo indeterminado está prevista para começar a partir da madrugada da segunda-feira (23). Cerca de 6 mil policiais atuam no estado.

A assembleia foi realizada na sede do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), no bairro de Santo Amaro, no Centro do Recife . Cerca de 600 policiais civis compareceram à reunião e se manifestaram a favor da greve.

O estado de greve é uma medida para proteger o movimento contra uma ação de ilegalidade. Assim, cumprindo o que determina a lei 7.783/89, a categoria decretou o indicativo de greve e a paralisação se inicia com mais de 72 horas após a assembleia.
Ainda seguindo a lei, o Sinpol decidiu que apenas 30% dos serviços essenciais serão mantidos. Serão realizados flagrantes com a presença de delegado e ida aos locais de crimes nas delegaciais de plantão nos bairros de Casa Amarela, Cordeiro, Boa Viagem, Paulista, Prazeres, Olinda, Santo Amaro e Várzea.

Segundo a categoria, não vai haver registro de Boletim de Ocorrência. Investigações e ouvidas de testemunhas serão suspensas. Mandados de prisão também não serão cumpridos. O Instituto Identificação Tavares Buril (ITB) não funcionará.

A categoria reivindica equiparação salarial com outros estados do país, melhorias das condições de trabalho, pagamento de adicional noturno, vale refeição, entre outros pontos. Uma nova assembleia está marcada para o dia 26 de julho, para avaliar o movimento.
Do Adeilton9599

Nenhum comentário :

Postar um comentário